Vocabulário Macamecra

cabeça
i-kran

língua
i-nontó

olho
ñóto

mão
ñukrá

água

fogo
köyhé

sol
büt

arco
kuché

onça
róp

anta
kokreyuti

um
püchit

dois
äklúte

três
glé

Vocabulário Machacari

A entonação deve ser nasal, mas nunca gutural. Muitas sílabas e palavras devem ser pronunciadas de modo muito singular, com o céu da boca, à semelhança do que acontece com os Botocudos.
água- cunnan
anta (tapir)- tschaá
arco- tsyhä
árvore- abaay
bonito- epai
botocudo- idcussän
braço (o)- nipnoi (nasal)
cabelo- inden
caiador (um)- creban
canoa, barco- abascoï (oï separado)
cão- tochuckschauam
cara (rosto)- nicagnim
carne- tiungin
casa- beär
comer- tigman (ig com o nariz)
coração- idekegná
dedo- egnipketakam (gn como nh, kam mal distinto, pelo céu da boca)
deus- tupá
erva, grama- schiüi (indistintamente)
espingarda- bibcoy
espinho- minniám
fogo- kescham
galinha- tsucacacan
homem- idpin
ir (deixe-nos ir) - mámamu
irmão- idnooy (nasal)
jacaré- maai
macaco- keschniong (e breve)
machado- piim
mão- agnibiktän
monte- agniná
mulher- atitiom (etiatüm, ü entre ö e ü)
negro- tapagnon
olho- idcay
ouro- tagnibá
ovo (um)- niptim
pau, madeira- ke (e palat. e breve)
pé- idpata
peito- itkematan
peixe- maan
relâmpago- tänjanam
rio- itacoy
sangue- idkäng (ä palatal)
tatu- coim
trovão- tätiná
ventre- inion (nasal)

Vocabulário Mácu

cabeça
tsi-gáte

dente
tse-um

olho
tsis-kóte

água
náme

fogo
níhe

sol
kélé

homem
lásepa

onça
zówi

milho
lükü

um
nukuzamuké

dois
bãtá

três
shünãlyá

Vocabulário Macuni

Nota: Há nesta língua abundância de sons guturais e nasais; as palavras na sua maioria são pronunciadas de modo confuso, pelo que é muito difícil representá-las pela escrita.

água- cunaan
alto- eouptan
anta- tia
anzol- cagnagnam
arco- paniam
areia- awoon
árvore- abooi
ave- petoignang (e breve)
banana- atemtá
barba- agnedhürn (mal distinto)
boca- inicoi
boi- inschicoi
bom (é)- epoy
bonito- epoinam
braço- agnim
cabeça- epotoi
cabelo- endaen (breve)
cair- omnan
calor- abcoican (a entre a e e)
caminho- pataan
camisa- tupickchay
cantar- niamungkätä
cão- pocó
cara- incaay
carne- tiungin
cavalo- camató
céu- becoy
chifre- ecüm
chover- taeng
cobra- cagná
comer- uptumang
comprido- etoitam
coração- inkicha
coxa- incajhé
criança- idcutó
cuia- cunatá
dê cá!- aponenom
dedo- agnipcutó
dente- etioy
deus- tupá
dormir- niamonnon (prim. sílaba nasal)
erva- scheüy (e breve)
espeto- muschi
espingarda- bibcoi
espinho- bimniam
eu- ai
faca- patitai
feio- niaam
filha- atinang
filho- incutó
flecha- paan
fogo- coen (pelo nariz)
frio- chaam (ch como em alemão)
galinha- tiucacan
gato- kumangnang
hoje- ohnan (n final indistinto)
homem- icübtan
ir- jamón
irmão- tschinam
jacaré- maai
jacutinga- macatá
leite- atiedacün (e breve, ü entre ö e ü)
ligeiro- moachichman
lua- puaan (mal distinto)
macaco- kegno (e indistinto)
machado- biim
mãe- ahain
mandioca- coon
mão- inhimancoi
milho- punadhiam
morder- cuptumang
morrer- umniangming
mosquito- kemnian (e breve e indistinto)
mulher- atí
mutum- tschaschipoché (sch brando, como j francês)
não- poé
nariz- inschicoi
negro- tapagnon
ninho- mapkepä
noite- aptamnan
olho- idcaai
onça (jaguareté) - cuman
orelha- inipcoi
osso- ecobjoi
ouro- taiuá
ovo (de galinha) - amnientin
pai- tatá
pau- cö (o gutural, entre o e u)
pé- ingpatá
pedra- comtai
peito- inkematan
peixe- maam
pena- potegnemang ou angemang (e inaudível)
pequeno- capignan
perna- idcasché
pescoço- incatakay
porco- tratketen (en nasal)
preto- imnictam
raiz- agnibtaschaten (en longo)
regato- ecoinan
relâmpago- agnamam
santo- tupá
sangue- inkö (ö entre ö e ü)
serra (montes)- aptien
sim- (exprime-se apenas pela inspiração de um pouco de ar)
sobre- pawipam
sol- abcaay
tamanduá- potoignan (oi como o ö)
tatu- coim
terra- aam
testa- incüy (ü nasal)
trovão- uptatiná
um- epochenan
velho- idkatoen (a e oe indistintos)
vem!- abui
vento- thiam
ventre- agniohn (nasal)
vermelho- upekängehäng

Vocabulário Macuxi

a'ka claro
a'nai milho
a'ne' quente
anî quem
anna nós, nosso
anrîmaka sair
araikatî cortar
arai'kîta meio, no meio
aranne' medo
arape antes
arawayen pau d'arco
a're' comida
asarî caminhar
a'ta buraco
ataponka viajar
atausinpa contente
e- ele
ekaranmapo' pergunta, pedir
eka'tamî correr
e'ma estrada, picada
e'mainon primeira
ena comer
ennapo voltar
enpenata lembrar
entamo'ka comer
epinonse nadar
e'pîta'tî construir
epu'tî saber
era'mai ver
eren rio
erenka ler, cantar
erepamî chega
esa' dono
ese'ma'tî sair
esennuminka pensar
esenupan estudar
esenyaka'ma trabalhar
eseurîma falar, contar
eta ouvir
ewaron noite
ewonî entrar
i- ela, dela
iku'pî lago
imarerî armadilha
inkamoro aqueles, outros
îri mau
itese' chamar
ka em
kaarita livro
kaikusi onça
kaisarî total
kaiwan gordo
kaiwinîkîi rio acima
kanau canoa
katapai de
kawîrî segundo (adv.)
ke com
koima limpar
ko'ko' avó
ko'mamî tarde
komamî ficar
ko'man morar
ko'manî viver
komi' frio
ko'mi'ya tarde
koneka fazer
kono' chuva
konoi' anzol
kore'ta no meio de
kura' zarabatana
kure'nan grande
maiwinîkîi rio abaixo
makusi povo makuxi
man ser
mararî pouco
menîka escrever
miarî lá
mia' taikin cinco
mîî roça
mîîkîrî ele
mîkî família
mîrîrî isso, então, aquela
mo'ka tirar
moni aqui
more criança
moro lá
moro' peixe
morî bom
moronpî cera
moropai e
muku filho
nee-pî trazer
non chão, terrao
no'pî esposa
nora sujo
nupeze pênis
o'no onde
pai querer
pairî em cima de
panama aconselhar
panton história
paruru banana
pa'se nora
pata lugar
pa'tî bater
pe como
pemonkon homem
penane cedo, amanhã
penna velho
pensa vez
pî acerca, sobre
pia a
piapai, poi de (saindo)
pia'tî começar
po em
pona até, em
poro por toda parte
pra não
pra man nada
pri'ya bem
pu'kuru muito
pupai cabeça
ra'ma buscar
renan chover
rentî cozinhar
sa'man difícil
sa'manta morrer
san mãe
seni esta
seruku mentir
seurîwî'ne três
si'ma dentre, assim
sîra rir
sîrîrî agora
su'mana brincar
su'mina atirar, jogar
ta em
tapai de
tarî aqui
tawa barro branco, tabatinga
tawîrî segundo (adv.)
terenpo encanto
tiaron outro
tîîse mas, porém
tîn sua
tîpo depois
tîwesenon coisas
tiwin uma
tiwinarî imediatamente
tiwo'na caçar
to' eles
tu'ke muito
tuna água
tu'se desejo, querer
u-, uurî, uutî eu, meu
ya em; só, solitária
yairîma're triste
yaka furar
yamî cobrir
yarakkîrî com
yapai de
yapi'se pescar
yapi'si buscar
yarî levar
ya'tîi cortar
yawîrî segundo (adv.)
yei árvore
ye'ma pagar
ye'nen porque, portanto
yenî'se beber
yense poço
yeporî encontrar
yiipî vir
yo'ko sob
yonpa parente
yontonon família
yun pai
waikin veado
wa'ka machado
wakîri agradar, gostar
wanî estar
waniyakon companheiro
wei dia, sol
we'na dormir
wenairî atrás
wîi matar
winîkîi rumo a, na direção de
winîpai de, desde
wîrîsî irmã
wîtî ir
wîttî casa
woi ao redor

Vocabulário Madijá

cabeça
i-tati

olho
waribu

mão
zepe

água
patsu

fogo
zipu

sol
maxi

casa
uáza

anta
awi

milho
tapa

um
ahã

dois
pamawi

três
nawi

Vocabulário Maiongongue

echime facão
ghamu sol
imanate mama
wahato cozinha

Vocabulário Makú

A grafia foi simplificada, adaptando-a ao vernáculo. (a) (e) (i) (o) (u) significam pós-palatização das vogais a, e, i, o, u. ch - como ch na palavra alemã ich.
H - é aspirado.

Para facilitar a reprodução neste site sem ter de recorrer a fontes especiais, usaram-se as formas "e~", "i~" e "u~" para representar e, i e u nasalizados.

mauvád - abacaxi
rumu~ - abóbora, jerimum
báa- acha de lenha
úgna- água, chuva
bok(í)- aipim, macaxeira
maxéro- banana
tax(í)- brasa
yorí- breu, de resinas compostas
katói- cabaça de Lagenaria
takúre- cabaça com tampa
mana(í)dn- cará silvestre (tubérculo)
d(é)gyõ- carvão
tóba- casa, maloca
ahim tahõ- chamas da fogueira
naúgn- chuva
taói- cinza
matúg bóg- desenho geométrico representando jabuti (Testudo tabulata) usado na tanga masculina
karah(ú)i- desenho em triângulos representando o peixe jaraqui (Prochitodus insignis e taeniurus) usado na tanga masculina
marítaá- faca
yaranã- fibras para torcer corda para rede e fios para diversos fins
vá- fio torcido para rede
baritxáim- flauta uníssona, secreta, vedada às mulheres, semelhante à jurupari
it(í)chô- fogueira, fazer fogo
tatx(í)g- fumaça
txóu- leite de 'sorva' - hévea, usada também na alimentação
kamaráb- lua
mám- machado
bôg- mandioca
konã- orifício longitudinal da zarabatana
bap(í)bn- 'orelha-de-pau' - cogumelo; vide também 'veneno'
nôpíd- panela de barro cozido
maneyú- panela de barro cozido, bojuda
maxatái- panela de barro cozido, cônica
p(ó)- pedra
y(ú)- pupunha, palmeira de frutos comestíveis
yág- rede de dormir
xóoú- zarabatana
txoku~- sol
póu- tanga de entrecasca usada pelos dois sexos
yahôu- terreiro da aldeia
baxíre- vasilhame de barro cozido, raso
p(í)bm- veneno para flechas
karamá- veneno proveniente de casca de certa árvore regional, usada no suicídio
koroá korová- veneno para matar peixes, arbusto cultivado nas roças macu
xêdo- abundância, tem muito
yixóbm- assoprar flechinhas com a zarabatana
tahõ- assoprar, avivar o fogo
yikob(ú)- balançar na rede
xibáhaká- beber
yaót- chorar, chorando
yáuá- comer
yikôxúg- defecar
yaôbn- doente, estás doente
itxíb- doer, doendo
yau~- dormir
takúre- dormindo
mbágn- duro (também: fruta verde)
yíhatxéx- espirrando
ekádn- fervendo, cozinhar
tóuh(í)b- grande
táuí- longe
yavúrat(í)b- um (1)
magtx(í)g- dois (2)
hayõ- três (3)
xédo- muito
báixúg- morreu
mákeneyá- não sei, não sei fazer, não conheço
dô- não tem, acabou
txáx- largar gases intestinais
bákabúx- pequeno
tíbane- podem vir
ayú- quente
yíkeovábn- rir, rindo
hiiahu~- roncar, roncando
yikôx- urinar
tíba- vamos, venha, mais uma vez
rotot(ú) túdn- voejar da borboleta
hiyat(é)u- ânus
yima-pónokoródn- articulação do dedo
yiídnebrahô- articulação do pé
yídnxú- barba
yivúgdán- barriga
yidnxú- boca
yimoódáb- bochechas
yimõ- braço
ich(ú)dn- cabelo da cabeça
h(i)papáp (i)dví - pêlo das axilas
yi(ú)bnxúg- calcanhar
yik(ú) (ú)- canela
yúkotxúd- catarro, tosse, tossir
kobnk(ú)- coxa
yimapôta- dedo
yima pôô- polegar
yima pô- dedo indicador
yima pôsi- dedo médio
yima pôta- dedo anular
yima pôxêe- dedo mínimo
yitóg- dente
it(í)g- dente
tayá- fezes
yitaródnu~- joelho
yidnõ- lábios
yinakád- língua
ibí- mamilos
yimõ kôpêd- mão
yikóbndú- nádegas
yipú- nariz
yitúkumáe~- olho
yixabúgn- umbigo
yiyanõxí- ombros
yinabúi- orelha
yimánepá- orifício do ouvido
yit(ú)y(u)b(ú)- pálpebra
yi(ú)bnebarahó- pé
yib(í)- pele
yikamahôm- pênis
yikóbn- perna
yikôrekóre- pescoço
itúnuví- pestanas
yikúreóre- pomo-de-adão
yínekúixúgn- queixo
arábn- resfriado do nariz
yitx(í)d- sangue
ibí (u)b(ú)- seios
itakúdnví- sobrancelhas
yiúbnkôpêd- sola do pé
yimómbúro- testa
yimapôbógn- unha do dedo
tag(í)b- verruga
yibói- vulva
txuvíx- andorinha
ta(í)gn- anta
káuv(í)d- arara
totódn- borboleta
tô- caititu
y(u)vúd- cobra
bohê- cutia
xói- escorpião
karád- galinha
bat(é)t, bat(í)t - grilo
matúg, tarúgn- jabuti (quelônio-testudo)
v(ú)- jacaré
yavói - macaco-da-noite
yevói- macaco-prego
vatúre- macaco uácari
tôbá- matrinxã (peixe)
xarí- mucura
búgn- mutuca
áuvád- onça
bapá- paca
kôyá- papagaio
max(í)- peixe (Sternarchis)
xató- pequenino inseto que anda no chão (não identificado)
txalí- periquito
nôhídmpe- poraquê (peixe)
v(í)bn- quatipuru
yamóg- queixada
kataró- peixe sarapó (Gymnotus)
bói- peixe traíra (Macrodon ou Hoplias spec.)
txôkéd- tucano
kaborí- homem, menino
mariã- mulher, menina
taokán- irmão, irmãos, primo-irmão
makú- autodenominação tribal
Axi~- nome próprio
Karaxúi- nome feminino
Vakayúd- nome feminino
Mãix- nome feminino
Xoríb- nome masculino
Mapí- nome masculino
Pidó- nome masculino
Toglín- nome masculino
Vakim- nome masculino
Manóide- rio Uenuechí, afluente do rio Negro

Em carta datada em Praga, a 22 de fevereiro de 1959 e dirigida ao Prof. Herbert Baldus, o Prof. Chestmir Loukotka classificou o presente material lingüístico como "típico dos Makú bravos", representando "um dialeto da língua nadöbö e parente das línguas dos Makú mansos de Koch-Grünberg e outros.

Vocabulário Malali

Há nesta língua abundância de sons guturais e nasais; as palavras na sua maioria são pronunciadas de modo confuso, pelo que é muito difícil representá-las pela escrita.

água- keché (ambos e breves)
alto- amsettoi
anta- amajö (ö breve)
arco- soihé (e breve)
areia- nathó (tom nasal)
árvore- me
ave- poignan
barba- esekö (mal distinto)
boca- ajatocó
boi- tapiet (e indist.)
bom (é)- epoi
bom (não é)- jangmingbos
bonito- epoi
botocudo- epcoseck (orelha-grande)
braço (o)- niem
cabeça- akö
cabelo- aö (mal dist.)
cair- omá
calor- ejé
caminho- paa
camisa- agüschicke
cantar- niamekae (final breve)
cão- wocó
cara- tietó
carne- junié (e breve)
casa- jeó
cavalo- cawandó
céu- jamepäoime (final breve)
chifre- manaitke (final breve)
chover- chaab
cobra- checheem (ch gutural)
comprido- escheem (mal dist.)
comer- pomamenmeng
coração- akescho
coxa- ekemnó (e breve)
criança- akó
dê cá!- naposnom
dedo- aniemkó
dente- aió
deus- amietó
dormir- niemahonó (o final breve)
erva- achená (e breve)
espingarda- poó
espinho- mimiam
eu- pö (breve)
faca- haak (k quase inaudível)
feio- eveuura (indist.)
filha- ekokahá
filho- hakó
flecha- poï (todas as letras audíveis)
fogo- cuiá
frio- kapägnomingming
galinha- sucaca
gato- jongaët
homem- atenpiep (e breve)
ir- akehege (e breve)
irmão- hagno (indist.)
jacaré- ae
jacutinga- pigná
leite- pojó (o indist.)
ligeiro- aioihamoi
lua- ajé (e breve)
macaco- küschnió
machado- pe
mãe- ate (e breve)
mandioca- cuniä (ä breve)
mão- ajimké (e breve)
milho- manajá (final breve)
morder- niamanomá
morrer- hepohó
mosquito- kepná
muitos- akgonachä
mulher- ajente (e breve)
mutum- jahais (mal distinto)
não- atepomnock (mal distinto)
nariz- asejé (final breve)
negro- tapagnon
noite- aptom
olho- ketó (e breve)
onça (jaguareté) - jó
ontem- hahem (a breve)
orelha- ajepcó
osso- akem
ouro- toicá
ovo (de galinha) - suckakakier
pai- tanatömon (on indist.)
pau- me (e breve)
pé- apá (a entre a e o)
pedra- haak
peito- anjoche
peixe- maap (a meio como o)
pena- pöe (indist.)
pequeno- aguä
pescoço- ajemio
porco- jauem (a e u separados)
preto- echemtom
raiz- mimiaë
sangue- akemje
sim- koó
sobre- jamemauem
sol- hapem (pelo nariz)
tamanduá- kakee (ambos e destacados e breves)
tatu- conib
terra- am
testa- haké (e breve)
trovão- scape
um- aposé (e breve)
venha!- pó (mal distinto)
vento- aoché (e breve)
ventre- aigno
vermelho- pocatá

Vocabulário Mamaindé

a eu
ã seu
aad grande
ain cortar
am-dxa-aun errar o tiro
antod pretejar
anxi outro lugar
aud quebrar
auha relatar
aum partir
ãwalad tornar claro
da meu
daum-bxih fugir
dxa deitar
dxaun rabo
dxen quase
dxex esposa
dxexn querer, gostar
dxo morrer
dxu conseguir
dxu-dxai trazer
eu ver
ga para
gadx pau
-galo- em forma espalhada
-ganim- em forma de bola
-gi- pontudo
-gxa (dúvida)
-gxau (humor)
hadxa encontrar
halo sertão
haugx alhures
hen quando
hugx arco
igalaga trabalho
im ele
ka aquele
kadox então
led terminar
lhi provavelmente
lida sair
lo fio
loxn nos
lxa talvez
lxan provavelmente
mamaimsi Mamaindé, o povo
na- você
nã grande
naimxn só
nawa é
nagayanx povo
ni neste sentido
no seu
-nu- tu
sadxesadxen azul
se falar
sen caixa
sih casa
sogxa aquele
sun bater
tã lá
taxwen floresta
toton preto
xyaih áspero
yagx porco
yahon pai
yain comer
yainsi comida
yanã onça
yau ser
yaxn mais
yexxn com certeza
yox realmente
-wa; -wxa (neutral)
-wau; -wxau (humor)
--we; -wxe (sombra de dúvida)
wainsi remédio
walalam brilhar
walalam claro
wanum bonita
wasainx material
waxlinx tamanduá
waxnim pajé
we pôr
wed- criança
wehn- dar à luz
wi dente
-wi; -wxi (citações e exclamações)
-wu; -wxu (ênfase, gritos)

Vocabulário Manitenéri

cashí fogo
kachiri cachiri
kassiri lua

Vocabulário Manitsauá

amatá seio
diadia preto
hat(i) fogo
hayadi sol
huabiá pênis
huati vagina, vulva
huibiá escroto
madigaú lua
nuamatá mamilo

Vocabulário Maquiritare

echime facão
ghamu sol
imanate mama
wahato cozinha

Vocabulário Mariaté

gamui sol
ghodo outro
neyáu fêmea

Vocabulário Massacará

cabeça
axaró

dente
thüó

olho
gätxt


huaxtö

água
tsyin

fogo
guxá

estrela
pinatsö

onça
yakveo

milho
käxü

preto
koeixtá

Vocabulário Maué

por Henri Coudreau - 1895

céu- atipó
nuvem- uaaté
vento- euetu
sol- aat
dia- ihuadac
manhã- ihuadac poí
noite- uandema
lua- uaatê
estrela- uaiquira, uaiquira u-ató
as plêiades (sete estrelas) - mapuí
inverno- jamana eat
chuva- jamana
raio- meremerebê
trovão- ueduató
o frio- totomorac
terra, solo- rhi
areia- eocoi
pedra- nó
rocha- nó aherém
savana- eaheng
montanha- uitog
floresta- nhaá
água- ê-ê
sal- oquê
enseada; riacho- ê-idi
caminho, trilha- mohap
fogo- ariê
tocha- ariê-andê
fósforos- ariê- auí
boa-noite!- auandê aicô!
como passou a noite?- tambê erecoçá?
bom-dia!- enodac
meu irmão- ihaninhê
mulher- onianiê
menino- giracá
rapaz- uidadera
você é jovem- nambi otira
jovem- macutira
velho, ancião- ahaivô
pai- uievô
mãe- ouitê
irmã- oheinê
irmão- uiqueuê
filho- ohaló
filha- ohaquiê
mulher, esposa- oivara
pais- ovuei
como está passando?- aicotã erecoçá?
não estou passando bem- aricoçá uaitê i
estou melhor- erê i catu
casa - enhetá
caminho- moa
os brancos- caraiué
os negros- tapaiúna
o chefe- tuxau
guerrear- tamambuê ahat
matar- toatuuc
Deus- Tupana
o deus dos índios- Aicaaivat
ele morreu- icooró
não estou entendendo- ereticô avi
cabeça- uaiaquê
cabelo- uaiatsap
olho- oheha
nariz- uaianguá
orelha- uihapê
boca- ouivém
língua- ouincó
dentes- ohãe
barba- uimensá
braço- uaiequê
mão- uipapuió
dedo- uipunha
unha- uipô champê
leite- hemi
barriga- himeá
pé- ouipuí
ferida- quepihi
embriaguês; ébrio- hemahipô
doente- iahó
sono- toquê
casa- nheetap, munhetap
tapir (anta)- ueuatá
que comida você vai servir? - aretô uhê urá uê?
peixe- pirá
anzol- piná
canoa- canahi
remo- epucuitá
roça- nuá
mandioca- manihoc
beiju- mana
farinha- ouí
tapioca- manihara
caxirim- caciri
milho- auati
caxirim de milho- auati-pô
caxirim doce- taruba
um - endup
dois- tepuí
três- mueém
quatro- tepuí uevô
cinco- uindê canomorani
moquém- euparacaia
panelão- uanã
panela de cozinha- mion-onga
fervura- ihé
hospedeiro- curivu
algodão fiado- amonqui suap
rede- eni
arco- moreuá
flecha- moré
flauta grande- uhu
contas- taçuru
cigarro de palha- sovó
fumo de rolo- sovó muri
faca- quicê
sabre- pereêp
machado- ihuihap
fuzil- mucava
pólvora, munições- muçacuí
panos- socpê
anzol- piná
espelho- uaruá
pente- queuá
pente fino- queuá puuí
cachaça- mahê
capivara- capiuara
gato- piçana
cachorro- auarê
porco marrão- hamaô
macaco-aranha (cuatá)- tuahá
lontra- apá
macaco- hanoã
paca- paha
buriqui (macaco vermelho) - auequê
onça- auiató
agami (japacanim-do-brejo) - oerê
arara- hanoona
canário- ipêc
galo, galinha- uaipacá
nhambu- oriri
periquito- ahore
tucano- nhonjana
urubu- urubu
jacu- muenhõ
peixe- pirá
pacuguaçu- pacu-açu
traíra- auarepora
tucunaré- aitouambora
pacu- pacu
raia- otipé
surubi- surubi
cobra- muaia
jibóia- amungauara
jacaré- uatsu
jacaretinga- uatsuquê
camaleão- senemuí
tracajá- uauiriuatô
formiga- saari
formiga-de-fogo- saari corana
carapanã- uantion
pium (borrachudo)- upió
árvore- iuí-teog
raiz- iuí-pohô
folhas- repap-uí
flor- ipoherê
fruto- cadeadeuá
borracha- siringa
breu-preto- etãhê
caju- caçu, cazu
miriti- mombi pucu paia
carapanaúba- canahê
paxiúba- paandi
indaiá- uacéia
indaiazal- uacéia-pihê
inhame- aueiá
cipó- iripó
batata-doce- uriuru
milho- auati
urucu- uaacap
jenipapo - uãchop
ingá- moquia
ananás- amandá
banana- pacoa
feijão- cumaná
mamão- mamô
pimenta- mucé
eu- uitó
tu- enê
ele- mii
eles- vevuarê
minha faca- ohê quicê
tua faca- ê quicê
a faca dele- iateê quicê
eu tenho uma faca- ohê quicê tonha
você tem uma faca- ê quicê tonha
ele tem uma faca- iatê quicê tonha
tem comida- imiô uampê
há comida lá dentro- taõ imiô uampê
é mentira- iatuê só
é verdade- puí i uó
hoje - meçô
ontem- nhaatpó
amanhã- monguitê
depois de amanhã- heqüecaia
depressa!- merebi
daqui a pouco- mecorambora
lentamente- ehepama
muito - ipoí
pouco- tõ, icorina
chega, basta- uaacu toadanta
é bom, está bom- etê requê heracoá
é bonito, está bonito- etê requê icahe orocoá
feio, está feio- ipoitê
branco- iquedoc
azul- iherep
vermelho- ihup
preto- honta
comprido - ieuop
não comprido- iantô
amargo- nop
doce- heaía
azedo- hanhõ
duro- ihenha
não duro- erihenha
irritado, raiva- ipuehac
cansado- uaiahê
ele é forte- hê saiquê
ele é fraco- ene hê saiquê
gordo- ihã-idê
embriagado- iuambê
longe- ipuiabó
não distante- ipuiahi
magro- icanemoda
ruim (de comer)- ipuí ahac tocá enemi cauê
malcheiroso- icamehi
pesado- ipoti
pequeno- coringuadê
medroso- guenehá
sem medo- ietogue~hê
ladrão- moquê
quero comprar uma rede- athê heiê deni
gosto de cachaça- ahê ecô mahê
não gosto de cachaça- erá matecô sudê
gosto de peixe- pirá tocôo
vou à roça- aretá nôo ca pê
usar o timbó- ocotoc tauíra uatê
timbó- oocó
vou à roça pegar timbó- aretá nôo capê ocotoc
o caminho do porto- moamp oap
caminho- moã
porto- oap
maracujá- murucujá
ele chegou de fora- muíe tuenõ emeiombê
ele tem muitas mercadorias - mipala ipá itê
não tenho mulher- ietcat ioivarê
não tenho filho- ietcat oaquiê
preciso de uma mulher- eçá donê anê atequê
tenho sede- arê eotxi
tenho fome- ohê seê
tenho febre- oiahó
vou tomar banho- arevê ietê
ele bebe- totó
ele não quer água- ê retiquê eçari
a roça foi queimada- toivonhô
ele canta - touê apuí
ele foi caçar- hê uerê
ele trabalha- ipô paap
gritar- toatcá
dançar- ihairu
anda logo!- nerevi!
a jusante- heambecaia
a montante- iheapocaia
dê-me água- terodeú ê imiô
vou dormir- ariquê
ele dorme- toquê
vamos comer- uaatê enuc
escutar- erê uandê dop
acorda!- erê hemora!
ferida- pihi
esta ferida impede-me de trabalhar - ohê pihi hatê mihi tupana eui patpat quana
vou construir minha casa - nhê etap arê eãmã
estou com calor- ohê sãhacô
aqui faz calor- ohê aipuíp
faz frio- naac
estou com frio- ohê naac
você fuma?- ehapuí apô sohô?
tire a água da canoa- etiha pona ê
vá dançar- mohairora
brincar- tapapui
flauta- aquara
tocar flauta- aquara tatapuí
eu como- areenô
andar- loirá aheurê
ele morreu- icorá
ele morreu há muito tempo - meiauí corê nhaat ipocorê
eu remo- erê apucuí
vá na popa- eeretô hoçá pocê
vá na proa- muitô iã boquê
eu falo (uma língua)- ohê hai
vou pescar- arepi neindeque
vá pescar- moepi naindeque
que trazes?- caat pat te queí?
nada- eetcati
chorar- arevaque
trabalhar- ipotpá
quero trabalhar- oipotpa pterã
não quero trabalhar- eroipotpa pterã
não posso trabalhar- caat atê euí pilpat terani caat hotê ta ci queat
porta (de casa)- oqueena
rir, estar feliz- iuepit
chove tempestuosamente- ehuetô at
está trovejando- hurua
vai chover- iamana iraanê
eu trabalho muito- oipô papcezê
ele matou uma onça- atê oca auê atá
já vou- aretá teena
venha cá- erê ianemeicouí
ver- eraçá
voar- eveitá
roubar- tateraoc

Vocabulário Maxuruna

kuü vagina, vulva
nitschumpuru umbigo
pakuschuzü criança
schuy pênis
tschirabo mulher
tschonsin diabo
tschutschu irmã

Vocabulário Meinaco

alapü cinza
ama mãe
amonao chefe
amunao chefe
ato avô
atschiru avó
erinau, erináu homem
hauká criança
irzörzo irmã menor
ite vagina, vulva
kamatirizüka meio dia
kame sol
kapuhe estrela
muyakale dia
nupana tako peito
nupei pênis
nutai filho
nutapüro irmã maior
nutukakalo irmã
oyi irmão menor
pana folha
tai criança
teneru mulher
ütapüri irmão mais velho
úyú irmão menor
yatoma pajé

Vocabulário Meniem

Há nesta língua muitos sons palatais e especialmente nasais, de modo que as palavras são em geral pronunciadas de modo muito confuso para os estrangeiros.
água- sin (n só em parte)
alto- insché
anta- eré (e indistinto)
arco- huán
areia- ae
árvore- hí
banana- incrú
barba- jogé (g como gu)
boca- jniatagó
bom (não é)- saú
bonito- ingote (i indist.)
braço- ighia (indist.)
cabeça- inro (n só pela metade)
cabelo- iningé
caminho- schá
cão- jaki
capim- assó
carne- kioná
casa- tuwuá
chover- sí
cobra- tí
comer- jicuá
comprido- insché
coração- niroschi
criança- canaiu
cutia- onschó
deixe-nos ir- niamu
dedo- jo (ambas as letras audíveis)
dormir- jundun (un pela metade)
espinho- inschá
estrela- pinia
faca- keaio
feio- saú (a e u ouvem-se destacados)
filho- camajó
flecha- hain
fogo- jarú (i)
galinha- saschá
gambá- cansché
gato- intan
hoje- inu (i acent.)
homem- cahé
ir (depressa)- ni
irmão- ató
jacaré- ué
leite- anju
lua- jé
macaco- caun (mesma pronúncia da palavra portuguesa cão)
mandioca- kaiú
mão- incrú
mata- antó (o breve)
milho- kscho (mal dist.)
morder- imbró
morrer- juni
morto- scha-úia
mulher- schá
nariz- inschiwó
negro- coatá
noite- utá
olho- imgutó
onça (jaguareté) - kakiamu
orelha- incogá
ovo (de galinha) - sacré
pau- hintá (hin pelo nariz)
peixe- há (nasal)
pena- ingé (gé como gué portug.)
pequeno- intan
pescoço- inkió (com os dentes cerrados)
porco- cuiá
povo (homens)- tují
preto- cuatá
quente- aniunggu
raiz- kiají
rio- sin
sal- schukí
sangue- isó (i indist.)
sim- inu
sol- schiojí
tamanduá(-bandeira) - tamanduá
tatu- pá (palat.)
terra- é
tigela- enan (e breve)
um- wetó
velho- schoeo (pron. todas as letras)
vem!- ni (como entre os botocudos)
vento- juá
ventre- jundu

Vocabulário Merrim

cabeça
i-xre:

língua
i-yotó

olho
ntó

mão
i-nuxrá

água

fogo
kühü

sol
pud

arco
xúhi

onça
erb

anta
kuxrüd

um
püti

dois
ibiaklüte

três
inklüt

Índice