Vocabulário Djiporoca

cabeça
krén

dente
zyun

água
muñan

fogo
chonpök

sol
tarú

terra
nak

Vocabulário Duludi

língua
hue-nohdoh

olho
hueh-noh

mão
hue-nigrah

Vocabulário Emerillon

MAMÍFEROS

anta- maipuri
capivara- capivara
quati- coachi
cutia- zananuno
morcego- susuri
onça- janapeline
ouriço- cuim
preguiça- guariri
rato-do-mato- atonom
serelepe- cotipuru
tatu- tatu
veado- caiacu

AVES

andorinha- xiroró
beija-flor- tocochi
coruja- cucu
picapau- pecu
papagaio- curé
tucano- tucano

RÉPTEIS

cágado- tauru
camaleão- jamacá
cobra-cipó- arabote
cobra-nova- cutaura
jacaré- caimã
jibóia- dioi
lagarto- ucuraru
lagartixa- tamucuaré
sucuri- embodiú

ANFÍBIOS

cobra-cega- tatamoi
rã- critô
sapo- pureru

PEIXES

acará- acará
surubim- pirapocu
traíra- traíra

INSETOS

gafanhoto- titi
louva-a-deus- averucá
grilídeo, paquinha ou macaco - cambucambu
besouros, passalidae e lucanidae - aramandai
besouro cicindelidae- pamu
borboleta- mapanã
borboleta Hesperidae- aruru
borboleta Heliconiidae- iogo
mosquito- botugo

MOLUSCOS

caracol (Solaropsis feisthameli) - cuerorô
caracol (Strophoceilus oblongus) - tamancinhã

CRUSTÁCEOS

caranguejo do rio - guararu

ARACNÓIDES

escorpião- sipiri
caranguejeira- zandê

QUILÓPODES e DÍPLODES

centopéia- macupepé
piolho-de-cobra(Leptodesmus) - ambuá
piolho-de-cobra (Rhinocricus) - araracuá

PARTES DO CORPO HUMANO

boca- erembé
bochecha- detuapê
braço- ejuá
cabeça - iacanga
cabelo - ecanará
cotovelo - diupecrerã
dedo da mão- poã
dedo do pé- pracanhu
dente- enaine
joelho- ecataque
língua- ecu
mão- epuapu
nádegas- eraiquarte
nariz- etim
olhos- edeá
orelha- nami
peito de homem- cambopue
perna- eretuma
pescoço- iarupu
queixo- eraditá
sangue- teurcate
seios- ecame
testa- irapucangue
umbigo- epunuã
ventre- anhe

FRUTAS

abacaxi- naná
banana- pacuá
caju- cadju

DIVERSOS

água- i (aliás um misto de e e i)
cachaça- caxiri
cachaça de cará- ande mandioca
cuspe- erendeeuê
faca- mariá
fogo- tatá
lua- zaê
ovo- upiá
sol- quaral
Terra- kiguá - carará
terra- enê

Vocabulário Encabelado

mumu trovão
mumugi trovejando, está
zeno amarelo

Vocabulário Erulia

eúma(g)e criança
ö'mö homem
muhihu sol
uïma(g)e criança
yamiagö lua

Vocabulário Fulniô

cabeça
i-tká

dente
dzyashi

olho
itó


ishiri

água
oya

fogo
to-wẽ

estrela
tiúyá

onça
kléken

milho
malchi

preto
chichiá

Vocabulário Galibi

aí mãe, avó
amore tu !
amoré tu
apuitime mulher
arinati prato
assimberi calor
atampoo ancião
bamu primo
banaré amigo
bati cama
bati-bipo manta
bibi mãe, avó
chan mãe
conomeru trovão
conopo, aconabo chuva
copó céu
curita dia
digami irmão menor
emamory, iemamui aurora
ensayn irmão maior
eperi fruta
ereme a tal hora
heuay irmão
himo ovo
huëiuru aurora
iakona inimigo
icurita meio dia (lit. grande sol)
ímombo ovo
imuru-tigami filho natural
inelé ele
irzörzo irmã menor
malé mesmo
manatelé leite humano
manaty mama
monoto mulher grávida
muleké, umoro jovem, moço
munay mãe
muru filho
nemamui aurora
nuémai parir
okily homem
oly fêmea
opopo couro, pele
otali filha
otoli carne
panien, banien irmão
pito criança
poété marido
potoli manaye capitão-general
puitimé marido
puruné filha, moça
sibiu criança, moço
sirico estrela
takerre amarelo
tamon escravo
tamor bisavô
tamucu Deus
tamuin calor
tamuincabu Deus
tamussi ancião
tigami criança, filhinho
topu pedra
tôtô, itoto inimigo
uaka irmã
uali criança, jovem
uapotomé homem ilustre
uato, vasto fogo
uimbo ventre
unchin areia
uoli jovem, moça
utoboné morador, habitante
wéwé sol
yakuno amigo
yapotoly homem importante
yau tio
yolocan diabo
yon pai

Vocabulário Gorotire

cabeça
krã

língua
ñotó

olho

mão
nikra

água
ngó

fogo
kuwü

sol
mud

arco
dyúdye

onça
rob

anta
kukrüd

um
püdyi

dois
amaigru

Vocabulário Gradaú

cabeça
krã

língua
ñotó

olho

mão
nikra

água
ngó

fogo
kuwü

sol
mud

arco
dyúdye

onça
rob

anta
kukrüd

um
püdyi

dois
amaigru

Vocabulário Guaianã

cabeça
i-kran

língua
i-ñoto

olho
i-naká

mão
i-nikra

água
ngo

fogo
kui

sol
mut

arco
dzyudzyä

onça
rab

anta
kukrit

um
podzyi

dois
ameikrut

Vocabulário Guaianã - São Paulo

cabeça
krim

língua
nené

olho
kanem

orelha
ningrém

água
goyo

fogo
pim

sol
aram

onça
mim

cobra
pam

milho
ñere

Vocabulário Guaicuru

dente
no-güe

olho
ni-güekogüe

orelha
na-pagate

água
nogodi

fogo
nuledi

terra
iyogodi

homem
unelei:gua

peixe
nagoyegí

um
uniniteguí

dois
itoada

Vocabulário Guajá

água- ác
alma- manzânc
aldeia- toc-tóc
amanhã- peuehêmo
alegre- naé
alto- ihauháu
anzol- iquapáre
anta- capivarâne
atrás- ehotsóc
adeus- ohoé
abelha- raíre
aleijado- utau-é
ai- ahairé
adiante- ropép
azedo- ahí
amargo- ehéi
asa- ipepoplá
abria- pitiuóc
andar- oatáre
banana- iuatsu
bananeira- iuatsuré
bonito- rong-rong
boi- tapirãre
beijo- tsurumutí
bom dia- zeng
bebeu- aué
burro- tapirã
brejo- reqüêne
bigode- zuetí
boa tarde- quarahó
borboleta- panaré
bem-te-vi- zãiuní
banhar- zahaquitsé
buzina- tquarenu
bravo- raité
batim de flecha- supé-susúc
bodoque- irahóc
bastão- iapococáu
beija-flor- netíti
balaio- uruío
babaçu- uahu
barriga- iuehé
boca- i-ôháre
casa- sapé
casamento- pehí-pehí
cachorro- sauá
cabeça- crauá
cabelo- nem-aué
cobra- cangam
cego- neretauéu
cerca de madeira - giepíp
coração- uirá iquére puópuâme
cemitério- timiré
céu- zahináu
canário- vivine
carvão- putí-puti
caçador- minharé
calça- cirô
cara ou rosto- uá
comer- temiú ou u-u
cair- ô-á
cantar- gem-em-nhó
chuva- aman-ró
canoa- iãmongó-íu
cuspo- zemongong
chefe- tupã-ré
corpo- retquére
comprido- inqüêne
cana-de-açúcar- uirareté
dava- noié
dedo- nê-cô
dor- anhím
dente- roi
diabo- pi-í
deus- tupã
dormir- a-é-ohó
dia- arí ou zeqüacatu
espingarda- teotóc
espelho- cupetsác
estrela- txé-i-txé-i
este- aicó
escuro- u-ní
espera- zipé
eu- a-é
estômago- temi-u-í-apicáu
enxada- zihí-ipehú
espinho- tsú
faca- quicé
facão- quicé-ucu
feio- tititiró
fava- cumanapéu
feijão- cumanahehá-une
farinha- tramã
fogo- tatá
filho- ire
fêmea- cujam
facho- uirá-timó-timó
faço- apó
frango- sapucái-auém
franga- sapucái-cujam
furar- atsáu-pupére
foice- tagêapá
fraco- ô-áu-áre
forte- cã-ué
gado- tsirane
gato- zauacarane
galinha- sapucái-cujam-ucu
galo- sapucái-imêne
grito- ohéc
grande- ihu ou ucu
grosso- tongo-oró
gosto- u-ú-ete
guariba- caihupehune
garganta- aiquíne
gostar- u-ú-pé
homem- uaré
hoje- etsó
índio- tenetehára
intestino- ziapapáre
inteiro- retequére
irmão- qüoiti
jacaré- cangam-iperáre
jabuti- carumé
jandaia- azuruí
juriti- pêcu-irâne
lesma- iquitó
língua- ipecu
lágrima- ehaí
lago- ipáu
leve- naipuhí
lagarta- ehóc
lua- euá-reiní
mãe- nehí
minha- a-é-mé
moça- côzó
menina- côzotaí
menino- quarére
mamão- maé-iuapuá
machado- tazí
meu- jejáre
mau- cêgé-naê-pêa
mandioca- manioré
morte- mon-non
mundo- iuác-puchu
milho- iuatí
molhar- iquím
macaco- ca-í
mosca- neru-í
mosquito- meru-í-ru-í
mariposa- panarâne
mulher- miricó
madeira- uirá
mel de abelha- rã-íre
marimbondo- cáu
morcego- anirá
magro- tinic
mamar- camu
mão- pó
medo- quiné
morder- zati-u
mordido- tiumurére
macaco vermelho- caieté
não- nã-ã
nada- na-é
nuvem- iuác-tine
nadar- zua-momóre
negro- u-nu
novo- pêahu
nó- iotangére
nariz- puthé-monrái
nambu- cauiré-í
noite- u-ní
ovo- ô-pi-á
onde- naié-pé
orelha- namí
ouvido- enuitáu
ouve- aa-é-mui
onça- zauaurúro
pega- iupehuc
porco- timunilíc
pedra- itapéu
paca- paraparáu
pinto- sapucai-piticaí
porta- quenáu
peixe- piáe
pé- pu
pente- quiuá
pentear- amutíc
pouco- aezoicó
peito- câmo
panela- pahé
peba- tatupáu
pulga- iuhéc
preguiça- a-ií
quebra- ráu
quero- putáre
queixo- razíu
quebrado- a-é-upêni
queimado- caehó-puére
queimar- caehó
queima- cái
queda- eituc
rio- uiuqüé
rede- zeqüeri-róng
raiz- uira-ràpó
remar- iama-góng
raiva- pê-é-íu
recebeu- a-é-zupuhúc
rato- agunzá
roda- i-puá
sal- zuquira
salgado- ré-é-ahí
sapo- zu-í
sabiá- zeviá
saracura- orocúre
sujo ou lixo- iaíu
surrar- petéc
surra- iupuâmo
subir- upíre
sim- a-é
sardinha- pucpé
sol- qüarahí [sic] ou aqüerihí
socó- pirá-ôháre
sentar- puc
sei- acáu
surdo- pêquatazá
sovina- iãim
segura- zupôhuc
suspender- ezeuíre
terra- i-i-i
tesoura- zapiáu
tudo- aiapó
testa- rapuicó
teu- menjáre
trovão- pororó
tartaruga- jauití
tatu- traiâne
torto- uang-unág
tamanduá- tipucu
tiro- uonóng
tio- uaitê
unha- puepé
urubu- cacará
urina- calucaluc
urina de macaco- calucaluc-caí
ver- tsác
vestido- ezumã-zumanáu
veado- arapôhá
viajar- ohotêre
vou- rogeté
vai- a-é-ohó
vem- ezúre
vovô- niramúi
vovó- nezaritsé
vomitar- rô-hôc
varrer- peipei

FRASES

quero comer - temí-ua-u
não quero - iputáu naiputáire
vou banhar - ahactá
não quero banhar - iahá quiáu
vamos banhar - ahac iaháu
vamos embora - iahá
não vou agora - raué
vou pescar - pirá heetsá
vou caçar - ma-é-reiucá
peguei muito peixe - pirá iapuhuc teté
matei um veado- apuhá iucuá
o sol está muito quente - quarahí cúu
estou com frio - reililí
o céu está estrelado - uác reniré
quero dormir - rôpehié
quero um anzol - pirapôhuc carére iputá
gostas de carne? - cahé méu-u?
gosto de peixe - pirá iaú
gostas de mim? - iamutá ié?
esta noite não dormi - uníi uqüêne
quero uma panela - ma-é imotáu imuré
não gosto de ti- naí uhaníre
quero beber - acaí-aú
gostas de comer feijão? - camanará né-aú?
eu gosto - a-u-é
és casado? - nepupeháre miricó?
não sou - nã-é
já vais embora?- aipó ehó?
estou doente - iheahí

Vocabulário Guajajara

Colhido por S. Fróes Abreu, nas aldeias "S. Pedro" e "Colônia", no alto Mearim , em setembro de 1928.

água- ü
arco- iuirá-pára (pau torto)
aldeia- táu
amanhã- ipí-hêuhêi
arara- arára-cang
arara (outra espécie) - cariné
alma, espírito- çané apitéra
algodão- amãnezu
algodoeiro- amãnezu-íu
algodoal- amãnezu-rupáu
asa- ipepó
areia- iuüting (terra branca)
anzol- ipirábitáo
armadilha para pegar peixe - parí
ânus- çanere coára
adorno labial (tembetá)- tmetára
assoviar- temuzê-eng
amarelo- tauá
abelha de fogo- tataíra
boi- tapiáca
boca (nossa)- çané-zurú
braço (meu) - hêzuaipí
barro, tijuco- tizúco
bonito - ipurâm e icatété ou catété
bacaba - pinuá
bombo (instr. de música) - guarará-hú
bananeira - pacuá-íu
banana- pacuá
bananal- pacuíu-rupáu
buriti (palmeira) - mirití-iu
buriti (fruto)- mirití-uá
buritizal- miriti-tiu
babaçu (palmeira) - oahú-íu
babaçu (amêndoa) - oahú-üza
babaçu (casca)- oahú-apecoére
bico- ití
baixão, vale- iapüre
branco - ting ou tin
corredeira- itá-iahau
cachoeira grande (do rio Corda) - iriapú-hú
carrasco (botânica), catinga - caturarân
cobra- mói
cobra de fogo, surucucu de fogo - mói-tatá
cascavel- mói-maracá
casa- tapûi
casa pequenina- tapûiza-i-pitchica
cão- zauára, zauarãna
cabelo (nosso)- çané-au
cabeça- çané-cang
carrapato (rodeleiro) - zautiu-húco cuhú
carrapato miúdo- zautiu-húco
carrapato vermelho - zautiu pitanga
cedo, pela manhã - ptê nerê
crepúsculo, anoitecer - pitúm
cacete de timbira - mim
cipó- iuipó
criança, menino- quaararét ou quaaréra-i ou culumí
capoeira- icócoéra
caju- acazú
céu- iuác
cabaça- ü-a
cigarro- pitim
cangambá- maicatíng
caramujo- minuá
carne de boi- tapiarocoéra
corda de rede- quihárram
cantar- azinháre
chorar- uzaió
cajueiro- cazú-íu
catuabeira- itáiuirá-íu
caititu- imatâ
couro de caititu - imatâ piréra
caranguejo do rio - uararuhá
camarão do rio - mutchí
chover- mannquire
capim- caa-pi
dois- mucúi
dente (nosso)- hêrâi
dedo das mãos- çané couâ
dedo polegar- çané couhou
dormir- saquére
demônio- azang
estrela- çahü-tátá
eu- irrî
ele- a etí
espinheiro, lugar de muito espinho - zutíua
enxada- cicúrupé
espingarda- mucáu
esteira de palha - miaháu
esposa- mericó
espremer- tamuê marí
excremento- tabutí
flecha- u-íu
fêmea- cuzê ou cuzâ
falar- taz-eng, zê-eng
folha- caa-hó
forquilha de pau - iuirá camuquéra
flor- maéputíra
fruto- maëiná
filho (da mãe)- mü-müt ou mü-müre
filho (do pai)- hérá-hüre
fumar- tipitarírí
flauta- tiâme
farinha- tirâme
farinha azeda- tirâme-azahú
farinha seca- tirâme eté (farinha verdadeira)
farinha de puba- tiranêm
fumo- pitimpiára
facão- taquihé
foice- tsiapára
forno de farinha - zopêhê
falso, ilegítimo - ran, râna
feio- nã ipurãn
fava- cumaná
feijão- cumaná-ü
fósforo- tatá-íu (pau de fogo)
galinha- çapucái
galo- çapucái-auá
gato maracajá- maracazá
gato doméstico- maracazá-râna
garapa de rapadura - caniquétiquát
garapa de mel- hêi-tiquát
gavião- uiráhú
gritar- hapucái
hoje- cuitirí
homem- auá
homem pequeno- auá pitchica
homem negro- paranà
homem branco - caraí zú
inajá (palmeira) - inazá
indiozinho- tantehára psíca
jacaré- zacaré
jacu- zacú
jandaia- zenái
jenipapeiro- zanipá-íu
lua- çahü
lagoa- ipáu
lamparina- tatáiniu
lá- pene
legítimo, verdadeiro - eté
leite- camuquéra
leite de vaca- tapiácamuquéra
língua (órgão)- çane picú
meu- hére
macaco- ca-í
macaco guariba- uaríu
mato- caa
mata higrófila- caa-curét
mata rala, seca- icaeuét
macho- auá
muito- tá
marimbondo- taturân-hú
mão (minha)- hêpó ou hêpó-apá
tua mão- nepó-apá
uma mão- hepó-pitei
duas mãos- mucúi hepó-a
três mãos- nairúi hepó apá
quatro mãos- dzererúm ingatúi hepó apá
mambira- tamanuá-i
machado- itádí
mutum- mútú
mandioca doce- maniocáua
mandioca (Maniot utiliss.) - manióc
maniva, haste da mandioca - maniu
mãe (minha)- çanehi
milho- auatí
marido- imén
mel- hâira
morder- ati-ú
matar- azucá
mulher negra- paranâ cuzê
menino negro- paranâ-hüre
mulher branca- caraí-cuzê
nuvens claras- iuá-ting
nariz (nosso)- çane-ti
teu nariz- netí atí ou netí apá
nosso, da gente- çané
noite- ipitúm
onça- zauára, zauarahú
onça pintada- zauára-hú piním-piním
olhos (nossos)- çanere-ha
teus olhos- nerê-ha
orelha (minha)- he nami apá
tua orelha- nê namí atí
ouvido (nosso)- çane apiquáa
orelha- namí
orelha furada- nami-quára
orelha rasgada- namí-soróc
ontem- carumr-ré
pato- urumâ
pedra- itá
pedra branca- itá-ting
pedra preta- itá-puhúna
pedras quebradas - itá dica dicarahau
pedra redonda, seixo rolado - itá apoá
pedrinha- itá pitchica-apá
pedra grande- itá-hú
pau- iuirá
passarinho- uiramirí
pêlo da perna- çanere-ti macarau
pena - pé-pó
pena das asas- maa pepócoéra
papagaio- azurú
porco-do-mato- tazahú
porco doméstico- tazahú-rane
pomba- picahô
pescoço (meu)- hê arupí apá
teu pescoço- nê arupí apá
peito (nosso)- çané-upitchia-atí
teu peito- nê pitchí atí
perna (nossa)- çané-u
pé (nosso)- çané-pí
palma- pinó
pequeno- mirí
pacará- manacô
pólvora- mucacuí (cuí significa pó)
preto- pihún
pintar-se- jimú-piním
peixe- ipirá ou pirá
nomes de peixes:
pacu- pacú
surubim- uruí
liro- pirázú
aracu- pirácating
mandi mole- maniu
mandi cabeça-de-ferro - pirácanatô
cascudo- inihô
traíra- tarüre
piau cabeça gorda - pirátapezú
piau cachorro- uapánaré
lampréia- arapó
arraia- zaniuíra
poraquê- muraquê
piranha- pirãi
queixo (nosso)- çanére iniuá
teu queixo- nerê-iniuátí
rio Corda- ürapuháu
rio Enjeitado- irikau-mirí
rio Mearim- üzú
raiz- iuirá pó
roça de mandioca - manirupáo
roça- ieó
raposa- auará
rabo- rai
remo- ipuiquitáo
ralo (de ralar mandioca) - iuhê
rapé- pitimpiara cuí (fumo em pó)
rede- quiháu
rato- ang-uzá
rapadura- caniquét
sagüim, mico- ca-í puzú
sucuriú- muzuhú
sol- quarahü
sangue- turicoére
seio- icâm
sonhar- aquahú
sim- eré
serra, montanha- iuütinhú
sabiá- hauizá
três- nairúi; nairúi caíuá: três macacos
testa (nossa)- çanere há picang
teu- nerê
tronco- iuira-ipí
tu, você- nê apá
também- nôn
tio- tuüre
tucunzeiro- iucumâ
tucunzal- iucumâ-tíu
tapioca- tapióc
tipóia- taipó parí
tamanduá-bandeira - tamanua-hú
tatu-canastra- tatú-hú
tucano- tucâ
terra- iuü
tanga- tang
trovejar- umananong
um- metêi; metêi caí: um macaco
unha (nossa)- çané ponapê
tua unha- nê pounapê-tí
urina- carô
urubu- apitáu
urinar- carô-caróc
umbigo- çané piraê
vaca- tapiácuzê
vitelo- tapiácauá
veado-catingueiro - mahau
vermelho- pitang ou pirang; pirang arrî: bem vermelho
veado- arapuhá

LOCUÇÕES

eu não sei- hê ruê pá
é verdade- adziha rumum
está muito bem- icatú pá
vá você mesmo- é hó netué pá
boa-noite- çané caroc
bom-dia- çané cuêm
estou com fome - man rrê tegocopa
eu quero água - ü emure hé pá
ele tem um porco-do-mato - hetá matôcaape aênon
ele tem uma espingarda - a é mucau aênon
dê-me uma pedra - emüre itá iheuê
eu gosto de você - uruai hu catú pá
como vai você? - erequé zepé aipó
estou bem- equé zepé copá
estou doente- irrî maiarrí tegokón
peguei um peixe cará - ipirá herezú cará-é
vamos embora - zará gutú ripá
vou embora hoje - ahaputári cuitirí
vou sim, companheiro - tâ môn atí uâ

Vocabulário Guaná

abóbora- camé
aborreço- bôópi (nota: o último acento é o tônico; os outros modificam o som das vogais)
ácaro (bicho da sarna) - tchetchá-uahati (filho da sarna)
adeus- biónne
água- unné
agulha- tôpé
ai! (exclamação) - vûi ou acacái
aipim- tchupú
aipim (seco)- catchó
aldeia- ptiuôcó
alegre- elloketí (nota: os dois ll soam claramente)
amanhã- ãrôti
amar- gâchá
anta- maiána-camú (nota: os laianas dizem morevi, como em Guarani)
ânus- cicicó
aonde vai?- nâiênó?
aprender- cequechivó
aracuã (pássaro) - uaragá
arara- parauá (nota: na língua Guarani Paraguá, papagaio; donde paraguahy, rio dos papagaios)
arroz- nacacú
árvore- tagatí
avental- juláta
bala- poití-akêtí
banana- bánana
barba- inguenóió
barriga- djurá
bebamos- venóutí
beber- venóuó
bebo- venouondí
beijo (entre os guanás) - innê
beijo (entre os terenas) - inní
beijo (entre os quiniquinaus) - soquirí
bezerro- tchetchá-uacá
biuá branco (pássaro) - veragajín
biuá preto- veragaiê
boca- bahó
bocado- iapi-tchá
boi- uó-ôi
bom- unatí
bonito- unati
borboleta- uacá-vacáí
buriti- maiána hérena
braço- daké
bugio- coxêagá
cabaça- tóróró
cabeça- duutí
caí- ingôrôcôóné
caidor- icôrôóconó
caiu- iricôóné
caíste?- icôrôócôóné?
calça- bôoró
camisa- iembênô
campo- mehúm
canela- gô-tchó
cansado- meomí
cão- tamucú
capoeira- icomoikéneti
cara- nôné
carandá (palmeira) - hérena
casa- pêti
casar- ongôiêno
cascavel- ipôcó
caititu- couécó
cavalo- camú
cachaça- cumâ-á
céu- uanukê
cerrado- chopotícoti
cervo- uá-iá-jó
chão- poké
choro- inhondí
chover- ennucó
chumbo- aketí
chuva- ucó
cobra- coit-chôé
coitado- quixauó
colher [é]- tchurupé
come- niké
comer- ningá
comida- nicoconóti
comida (entre os quiniquinaus) - nicóningá
como- cutiá
conhecer- indjá
conheces?- ietchóá?
copular- capiú
coração- ommindjôn (j espanhol)
corpo- munhó
córrego- notoagá
corta (imperativo) - tetucá
cortar- tetócoti
cortaste?- iatêtucôá?
coxa- djuró-kunó
criança- calliuônó
cuia- pocó
custar- côicú
custar (entre os quiniquinaus) - ocôócorí
dá-me- pêrétchá
dar- boritchá
dedo do pé- guiiri-djêvé
deita- imêcá
de mim- nuti
dente- onué
Deus- Iandeará
Deus- Echãiuánukê
depois- poinú
depois d'amanhã- poinú-arôti
de tarde- kiacátche
deveras- quâti
dia- cátche
diga- iocó-iucuá
digo- góe
dinheiro- ararapetí
doente- carîneti
dormes?- imé-coné?
dormir- móngoti
dou- poritchá-pi
dourado (peixe)- achauánaga
dois- piátcho
égua- senó-camú
ema- kipãé
espada(*)- annãiti-piritáo
espelho- nochiògueti (sc. olhador)
espingarda- capuiá-igapêtí
espirrar- andiicotí
esposa- iêno
escravo- hangahá
está aqui- anníe
estás alegre?- ellóketi-iôcouó?
está alegre- ellóketi-òcouó
estou alegre- ellóketi-ongóuó
estás bom?- iúnati?
estou bom- unnandi
estás cansado?- meomí?
estou cansado- memondí
estás com fome?- epê-caticimágati?
estou com fome- hapê-canúcimágati
está no chão- annêgó poké
estrela- hêquêrê
eu- ondí
excrementos- ciquêé
faca- piritáu
falo contigo- iundzai-copí
farinha- tutupãi
farinha (entre os terenas) - ramucú
faze- itticá
fazer- ittuketí
febre- tchikití
feio- cãunati (sc. não bonito)
filho- tchétchá
fogo- iucú
foice- tchápilócoti
frio- câssati
fumo- tcháhim
galinha- tâpihi
galo- oiênó-tapihí
garrafa- limetá
gato- maracaiá
gordo- kínnati
gostar- gâchá-á
gostas?- queachá?
gostas de mim?- queachá-nuti?
gosto- gâchá
gosto de ti- gâchá-piti
gostoso- uchetí
grande- annáiti
guaná (tribo)- uamá ou tchòuórô-ônó
guaicuru- uaicurú ou mãiá-penó
história- chêti
hoje- cohoihênné (os hh aspirados)
homem- oiênó
idioma (língua) - nhumdzó
irmã (entre os terenas) - haîlê
irmão (entre os terenas) - lêlê
irmã mais velha- luké
irmã do meio- moguêtchá
irmã mais moça- atí ou anndí
isto- aará
jaburu (pássaro) - côjó
jacutinga (pássaro) - maiána-uaragá
já foi embora- piônne
jati (mel de abelha) - tchulí-tchulí
já veio- annègò
jaú (peixe)- muiôti
joelho- buiú
lagarto- iunãi
laiana (índio)- láiana
lambari (peixe) - chivôupè
lavar- angicãuotí
lavemo-nos- uachicapú
linguagem- iundzó
língua- nahênê
lua- co-tchêé
machado- pôhóti
macho- oiênó-muricá
maduro- itóuônné
mãe- mêmê
mãe- hennó
mais- poí
magro- uporití
mama- iênné
mandari (mel)- róoró
mau- cáunati
mão- uon-húm
marido- immá
matar- inzucôti
mato- uó-hi
mexer- ivirikêá
mexe (imperativo) - ivirikêá
mel- môpó
melancia- andiá
menos- calliánna
mentira- ninicó
mênstruo- ittiná
meu- induguê
milho- tuupí
miolo de palmeira - namuculí
milho fofo- sôbóró
muito (advérbio) - opôicoati
muito (adjetivo) - tapuiá
muito bom- unati-âtcho
muito gostoso- uchêti-âtcho
mula- senó-muricá
mulher- senó
mutum- maiána-uatutú
nadar- alaongôati
não- acó
não custa- acó-cõicú
não custa (entre os quiniquinaus) - acó-ocô-ocorí
não quero- acon-gâchá
nascer- ipuchicá
nariz- guiirí
negro- hahóóti
ninho- nôcó
nós- uutí
nosso- utiguê
noite- ihotí (nota: os h são todos aspirados com energia)
nuvem- capací
olhos - unguê ou uké
onça- sêni
orelha- inguênó
ontem- tiipó
padre- côchômóneti
pai- tatá
palmito- momoôn
papagaio- coêrú
panela- tchôrôné
parente- inhénó
parente- iningôné
pássaro- chohopennó
passear- iapacicá
pato- pohahí
pé- djêvé
pega isto- oiá-aará
peito- djahá
peixe- chojé (nota: este j soa como em espanhol, guturalmente)
pensar- iquichá
perdiz- itidichú
perna- gônú
pescoço- annúm
pênis- kiú
penas- kipahí
pimenta- têité
pinto- tchétchá-tapihi
piolho- aná
pirapitanga (peixe) - araraitti-issi (nota: significa "peixe de rabo de sangue")
periquito- tchulí-tchulí
pólvora- poití
porco- gôre
porco-do-mato- kimão
prato- uutá
preguiçoso- tchuléketi
pronto- oçoné
pulga- anatamucú
quando- namanó
quati (animal)- côtéchú
quebrar- heocoti
queixo- nónhí
quem sabe?- emó?
quente- cótotí
quero- gâchá
queres?- queachá?
queria- gâcha-nini
quiniquinau- koinu-kunó
rapaz- omoheháu
rede- toití
regrada- ittiná
remar- ivirikê
rio- uêhó
saber- indjá
sabes?- iétchoa?
sangue- ití
sapo- tòrumó
sarna- uahatí
saudades- inanguôró
seu- iutí ou iú
sentar-se- iavapoquehi
seriema (ave)- uatutú
siga (imperativo) - tchicá
sobrancelha- indjêukê
sol- cátche
soldado- andâru
sombra- epêuôgôpê
sonhar- chapuchati
sonhas?- chaputchôné
sonho- indja-putchatí
sovaco- umbêkêcu
sucuri- oiênaga
surubi (peixe)- apópaga
sua- itiguê
tatu- copohé
taquara- hetágati
temos- hape-utí
temer- bicuátine
tens?- iapê?
ter- hapê
terena- térena
terra- marihípa
testa- inucú
tolo- ietôré
tomar- mambatí; namacá
touro- tôôró
trazer- iamané
três- mopoá
trovão- unobotí
tu- ití
um- poichácho
umbigo- unró
unha- djiipó
urubu- uarututú
vá- pehehévo
vamos comer- nicotiúti
vamo-nos embora- peháoti
vamo-nos lavar- uachicapú
vás buscar? [assim no orig.] - viapána?
veado- tiipé
veio (do v. vir - entre os quiniquinaus) - simêné
vem cá- iôcó
vento- onauotí
verde- aõitapú
via láctea- chamôcôé
vim (entre os quiniquinaus) - simôné
vim (para ficar) - intzioponué
vim (para voltar) - indzimonné
você- ití
vou buscar- veaponotí
vou-me embora- bohoponé
vulva- iusí

Algumas indicações
Os pronomes possessivos isolados são:
meu- induguê
teu- itiguê
seu- iuti [acima, com acento no í] ou iú
nosso- utiguê
Entretanto são quase sempre contraídos nas palavras, como por exemplo:

Possessivos da 1.ª pessoa

minha cabeça - duutí
minha testa - inucú
meu nariz - guiirí
minha boca - bahó
meu dente- onué
meu queixo - nónhí
meus olhos - ungê
minha orelha - inguênó
meu corpo- munhó
meu pescoço - anúm
meu braço- daké
meu peito- djahá
minha mão- uonhúm
minha barriga - djurá
minha coxa - djuró-cunó
minha canela - gôtchó
minha casa - imbenó
meu pé - djêvê
meu dedo do pé - quiri-djêvê
meu filho- indjétchá
Possessivos da 2.ª pessoa

tua cabeça - totihé
tua testa - inicú
teu nariz- quiirí
tua boca- pehahó
teu dente- iahoé
teu queixo - neôió
teus olhos - iuukê
tua orelha - keinó(**)
teu corpo- muió
teu pescoço - ianúm
teu braço- tiakí
teu peito- tchiní
tua mão - veaú
tua barriga - iurá
tua coxa- chiró-cunó
tua canela - guetchá
tua casa- pinó
teu pé - hiné
teu dedo do pé - kiriúêvê
teu filho- tchi-tchá
nossa casa - vuóvogú

Os possessivos da terceira pessoa são quase sempre formados com os pronomes iú.

Os adjetivos numerais vão só até três:
um - poichâcho (nota: esta palavra é de mui difícil pronúncia; nunca a podemos escrever conforme a ouvimos)
dois - piátcho
três- mopoá

Os pronomes pessoais são os seguintes:
ondí- eu
ití- tu
uutí- nós
nôê- eles
nuti- de mim
ní- de ti

Com os verbos emprega-se a partícula pi em lugar de ondi.
Esses pronomes vão sempre depois do verbo.

A conjugação dos verbos é iregularíssima e difícil senão impossível. São sempre defectivos.
Presente do indicativo do verbo ter (hapè)
eu tenho- hapê ondi
tu tens- iapê
ele tem- hapê
nós temos- hapé utí
eles têm- hapé noé
Para a formação do imperfeito acrescentam "mini".
eu tinha- inindjoa, mini ondi
tu tinhas- innitchiécó
etc.
Outro exemplo:
eu quero - gácha pi
tu queres- queachá
ele quer- gachá
nós queremos- gachá utí
eles querem- gachá nóê
Imperfeito
eu queria- gachá mini ondi
tu querias- queachá mini

Os imperativos, que eles empregam muito, terminam quase todos em ca, exemplo: iticá faze, tetucá corta, nicá come, angicá, lava; dos verbos ittuketi fazer, tetocoti cortar, ningá comer, angicóati lavar.

Frases e exemplos
Sonho contigo? - Chaputcho-noneti.
Tenho saudades de ti - Inangoró gopi ni.
Dá-me notícias - Iticá chetí.
Nada sei - Acó indjá.
Não estás contente? - Acó elloketí?
Que tens? Estás incomodado? - Cuti iapé? Calliána unatí?
Estou doente dos olhos - Carineti ukê.
Desde muitos dias? - Tapuiá cátche?
Desde anteontem - Poinú tiipó.
Coitado - Quixauó.
Adeus - Biónne (eu vou indo).
Adeus - Pehehêvo (pois vá).
Estás com fome? - Epê cati cimagati?
Sim - Aspiração gutural não exprimível.
Senta-te e come. Toma arroz com carne. Queres farinha? - Iavapoquê, niké. Viá nacacú cuanê uacá. Queachá ramucú?
Não, senhor: quero aipim e abóboras - Acó, unãi: gachá tchupú iocó camé.
Traze facas e farinha - Iamané piritáu, cuané ramucú.
O seu jantar está muito bom. Sua mulher sabe cozinhar muito bem: na minha casa nunca comi assim - Unati niké. Cuáti êchotí itucôati nica ienò. Auó ningá onuongú cutiá ionogú. (Nota: Literalmente unati bom, niké comida. Cuati deveres, echoti sabe, itucoati fazer, nica comida, ienó sua mulher.)
Come mais então - Niké, igopó.
Não, obrigado. Agora quero água e vou-me embora - Acó mondóuané. Poiáne unné gachá, Behopotine.
Quando hás de vir? - Namõ kenaacá.
Outro dia - Poinu cátche.
Quem sabe se amanhã - Etchuáne coecú arôti. (Nota: Também se diz emó?, quem sabe?)
É fato - Ennómone.
"Pois" e "porém" vão sempre depois da primeira palavra, exemplo: pois toma - nemucá toma, copó pois; porém come - niké come, copoé porém
"Quando", "namanó", vem sempre antes. Quando hás de vir? "Namanó kinoôké?"

** Observe a irregularidade de formação. São novas palavras.
*** Além de três dizem tápuia muito, ou opôicoati. Para marcarem épocas, serve-lhes a florescência do paratudo. Um índio disse-nos: "Já o paratudo deu flores duas vezes e os castelhanos ainda estão em Miranda".
A abreviatura "sc." refere-se ao latim scilicet: a saber, quer dizer.

Vocabulário Guarani

abá homem
acá cabeça
aguará raposa
añaretá inferno
anga alma
ara nuvem
birá ave, pássaro
caaty pasto
cangué osso
cha-í-quí tia
checú-cú língua
cheramay avô
cherayi-tayra filho
cuñá mulher
guayby velha
heté corpo
ibí terra
ibipé planície
ibira-racá árvore
ibí'ti serra
ibotí flor
kariay moço
mbururicha chefe
mbuyapé pão
mitang menina
mitang menino
ñandu-guazú avestruz
ñu campo, planície
ova face, rosto, cara
pí pés
pira peixe
piroisa ar
pó mão
quarasé (kwarase) sol
soó cahé carne assada
so-ó carne
tata fogo
tetyma perna
tiapú-arazunie trovão
tiya velho
tuá-nadéyara deus
tugui sangue
tutí-chichutí tio
uruguaçu galinha
uú água
yacañy rio
yací lua
yací-tatá estrela
yagua cachorro
yaguareté onça
yaguareté puma
yavoói mata
ybari céu
ybira pucu salgueiro
yepea lenha, madeira
ypeg pato
yuya lago

Vocabulário Guarani Antigo

Guarani Antigo / Abañeenga do Sul - Proto-Tupi-Guarani e Swadesh

(forma oblíqua do pron. pes. da 3a.p., háe)
iCu-

(mão) direita
póacatuã

(nominalizador), lugar ou instrumento
hab

(nominalizador), o que faz a coisa
hár

abaixar
-ayby

abrasamento, queimação
hapi

abrasar, abrasar
ahapi

ação, obra
apó

acender o fogo
moendy tatá

ácido, azedo
-ái, -áj-

acometer, arremeter
hepenña

afiar
ahaymbé

afogar-se, afundar
pymy

agudo, afiado, cortante
aimbé

agudo, afiado, cortante
haimbé

algodão
amãndyjú

alguém, algo
amõ

alvoroçar
pykúy

amar
aysúb

amarrar pela ponta, atar
apyntin, añapyntin

amo, eu
haihu

amontoar
mboatyr

amor
haihub

angústia, aflição do espírito
angekó

anus
ebíkwá

apagar, desbotar
mongwé

apertar, espremer, ordenhar
ami

aquecer
akú

atadura
apyntin

atirar, apedrejar, jogar
apí

atrás, vestígio, falta
akykwér

atraso
aréb

avareza
ékatey

ave, pássaro
gwyrá, wyrá

avô
amoi

avó, avô
aryi

bagaço, fezes, borra
-ati, (h)ati

balançar
atimun

banco, cadeira
apyka

barba (lit. queixo-pelo)
endybaá

barriga
ebé

basta!, está bom
aguiye !

bater-se
apatuka

bigode
ambotá

bochecha
atypy

bom, verdadeiro
éte

borda, margem do rio
embey

brasa
tatapyi

briga, rixa
akáb

brilho, clarão
berab

brilho, esplendor
endy

brotar, germinar
eñõi

burla, brincadeira
apiraí

cabeça
akang(a) amin

cabeça (lit. cabeça-osso), crânio
akang

cabeça ou coisa redonda,
apin

cabeça, fruta
á, iá

cabelo, pêlo do corpo, pena
-áb(a)

cadáver
eõngwera

cair, nascer
(á)a, ár

cair, nascer
ár

caminhar
atá, gwatá

caminhar
gwatá, atá

casa
óga

castrar
apiaog

centro, meio
apyter, pytér

cera de abelha
iraity, yraitin

chamar, dar nome
enoin

chegar
basé

chegar a ser, virar-se
(á)a

cheirar, beijar
hetun, etun

cheiro bom, perfume
eãkwã

chorar (eu)
ahapirõ

chuva (lit. nuvem-água)
amãndy, amãngy

chuva, nuvem
amã

cobrir
asói

cobrir
(a)yahoí, asói

colher (milho), debulhar
(a)haribó

companheiro
apixár

comprar
-á, yar, aya

comprar, colher, receber
yar

corpo
eté

correr
ã

cortar
asiá, ayasiá

costas
aséi

costela
ñarukang

costurar, juntar
mbobyby

coxo, curvado
pári

crista, crespo
apichain

crista, topete
atirá

cunhada (da mulher)
muaty

curvar
apára

cutia
acutí, akuti

dar volta
atimãn

de repente
hesapiá

de, desde (separativo)
gwi, gwivé

deixar
ejar, heya

dente
-áî

dentro de
pipe

depois
ramboé

descer, baixada
gwejyb, gweyib

destreza, habilidade
é

dia, tempo, idade
ar(a)

diferente, outro
amboaé

difícil, dificuldade, pena
abaí(b), yyabaí

dizer, expressar
é, (ha)é

dor, pena, doença
-asi, tasi

dormir

duro
tatã

duro, rígido, forte
antam

e
haé

e depois
haerire

eia !
eneí

ele, ela
haé

em cima de, sobre
áramo

em frente de
enondé

em verdade, certo
ayete

em vez de; ao contrário
hapipé

endurecer
moanta

enganar
motaby

entender
endúb

entendimento
akwaã

entendimento, ser inteligente
arakwaá

entrar
eiké

escaravelho
enem

espanto, admiração
mondinin

esperar
a?aro

esperma
ayir

espero
(a)haarõ

espesso, grosso
anam

espiga, cacho
ára, har, aryb

espírito, demônio
añanga, añana

espirrar (onomatop.)
atiã

esposa do irmão mais velho
yby taty

esquerdo, surdo
asú

esse, isso, essas coisas
aypó

estalido ao tostar
pirirí

estimar, querer bem, amar
ambota(r), amotá

eu, pron. 1ª p.s.
Ce

faca
kysé

faltar
aby

faltar
atár, ogwatá

farinha de milho
abatí kui

fazer
apó

fazer descer
mbogwejy

fazer entra
moyngié

fazer mal
mboaí

fazer passar, desculpar
mboasá

festa
areté

fezes, excremento
ebí

ficar
pytá

filha, sobrinha
-ajyr

filho, sobrinho
ayir

focinho
akwã

fogo
táta, -ata

forquilha, virilhas
akamby

forte
ratangatú

fronte, têmporas, testa, fronte
apin

fruta de árvore
ybyra-á

fruta verde
ybaky, ybá aky

fumaça
tatatin

galho
takãng, hakãng

gengiva (lit. dente-pele)
-áîmbira

gordo, inchado
apõ

grande
gwasú, -asu, usú

grão, pepita
ayi

gritar, grito
asema

habilitar, ensinar
-é, amboé

habitacão
etam

homem, pessoa, gente
abá

honrado, antigo, superlativo
éte

iluminar
esapé

imagem, semelhança
a?angaba

imitar, medir
a?ang

inimigo
ambotáreymbára

intestinos, entranhas

ir
ohó

ir, ida, passar
ho

irmã, prima
eindy

jamais (passado e futuro)
arakaé

joelho, nódulo
enypyã

lábio inferior, borda
embé, tembé

lábio superior, esquina
akwã

labrete, tembetá
embetá

lamber, raspar, chamuscar
eréb, heréb

levantamento, montão
atir

leve, pulmão
bebúi

ligeireza, correr
ãkã

língua
apeku, ku

logo, em conclusão, então
haéramo

lua
jasy

magro, fraco
angaibár

mandíbula, queixo
endybá

manejar, despiolhar, pentear
abyky, abiqui

manta
asoya

mão
-pó

mão esquerda
po jasú

marcar, assinalar
a?ang

mau
aíb

medula, miolo
apytuun

mel, abelha
eír(u)

melena, cacho de cabelo
abuku

mentira
yapúr, cheapú

milho
abati

moer carne, pilar, mascar
apasog, ayapasóg

molhado, úmido
ãkyn, akym

montão, grande quantidade
atyr

morcego
andyrá

morder
cuu, suu

morte


mostrar, fazer ver
heCaguká

muco
ambiu, ambyú

muito difícil
abaíbeté

muito quente
hakubó

muitos
etá

multidão
eyi

multiplicar
mboetá

não
aa nin, aaniny

não espesso, fino
niñanami

narinas
apyingwár

nascente de um rio
apyra

naufragar, afundar
apymy

nervo, veia
ajy, ajú

neto, neta (da mulher)
temiarynrõ, remiarynrõ

ninho
aity, haity, raity

nome
éra

nomear, dar nome
eróg

nora da mulher
membyraty

nora do homem
airaty

nora, cunhada
aty

olho
esá

ombro
atub, atiyba

ordenhar
kambi, aykambí

ouvido
apysá

ouvido interno
apysá

ouvir
apysaká

ouvir, escutar
apisá, ayapisaka

ouvir, escutar
hendúb

pagamento, preço
epy

palma da mão
popyté

papagaio
ayuru

parar, fixar
atyka

parente, pais
anam

parte inferior do pescoço
ajurypy

passar, atravessar
asab, hasá


-py

pedaço
asig

pedra
itá

pegar, receber
ár

pelo, lã, pena
hab

pênis
akwai

pênis, verga
embó

pensar
ang

pequeno, ruim
-aa-

perna
etimã, etymã

pescoço
ajur, ju, ayur

planta do pé, sola do pé
pypyté

pobre, defunto
amynrin

ponta do nariz
apyí

ponta, extremo, cume
apyr

ponta, fim ou princípio
apir

ponteagudo, longo
akwa, apwá, hakwab

procurar
ekár, hekár

prova, imagem, semelhança
hãã

pubis
ambé

punho da rede
apiqua, apikwa

puxar, arrancar
ékyi

puxar, arrancar
hekii, hequii

queimadura
apy

queimar, abrasar
mondy

quem?
abá

quente
akúb, hakú, takúb

querer
potá

rachadura, fenda
bóg, bokába

raiz
apó

raposa
aguará

rato
anguyá

recompensa, substituto
ekobiár

redondo
apúa, apwá

relâmpago
amaberé

roupa
aób, aó

sabedoria
ekokwaasába

sabor, doce, salgado
een

saída, sair
sen, -hen

salgar
moeem

saliente
akapé

saliva
endy

sarar, curar
werá

século, claridade
ar(a)

sentar
gwapy, apy

sentar-se
apig

sentido, sentir
añandu

ser, estar, estado
eko

sob, embaixo, parte inferior
gwir, gwyr

sobre
apité

sogra do homem, mãe da esposa
ayxó

sogro
atúba

sogro, pai da esposa
atyúba

sombra, alma, abrigo, ausência
ang

tambor
anguá

tapa
asoyaba

tapa sexo
ambéaób

tatu
tatú

telhado, cobertura, teto
ogapyra

tenro, verde
akyr

testículos
apiá

tosquiar
añapin

ultrapassar
okwã

unha
poapen

unha dos pés
pysapen

vagina, clitóris
amatiá, tamatiá

veado
gwasú

velha
gwaimbin

vencer, ganhar, perfeccionar
aguiye

ver
epiák

ver, considerar
eca, eCág

via respiratória, orgão dsa vóz
yaseó

vida
ekobé

virilhas, ancas
akó

voar
bebe

vomitar
gween

Vocabulário Guató

Por Frederico Rondon, colhido com o índio guató Jorítana e com duas meninas indígenas, em 29 de outubro de 1936, à margem esquerda do rio Paraguai, a meio caminho entre Corumbá e Cáceres.

homem- madé
gente - machiue
mulher- muhaja
menino- niti
menina- mogieti
velho- meiô (ou tugi)
velha- mevü
moça- midá
criança- teofâni
criancinha- mobê
roupa- mafé
rede- mapaná
lenha- moquixê
fogo- matá
panela- nicôe
curral- mahôe
rio- magicom
árvore- modijaarro
sol- caponuvé
lua- mopiná
pedra- macô
capim- majagüe
chuva- mavé
água- magã
calor- mapô
conversa- mapoegã
urubu- mogu
onça- mapago
capivara- maquê
sucuri- micôari
jacaré- micô
doença- mapôia
festa- maferito
dança- magacha
guerra- mobiavê
revolução- mac-hê
fome- chocáquio
boi- auacá
vaca- auacá
bezerro- modivacá
cavalo- matogepagô
casa- movu
rancho- macúgi
canoa- manã (ou gonã)
chata (embarcação)- pegibeu
dormir, sono- tacôni
de dia- machô
de manhã- baracuachô
à noite- mafi
à tarde- nicaié
um- chené
dois- dôni
três- chumo
quatro- recá ["r" brando]
cinco- toherá
seis- chenecáquera
sete- donicáquera
oito- chumocáquera
nove- recaicáquera
dez- quinra
cem- cheneguáteri
muito- caiopum
roça- maheguiá
roça grande- dafégori guiheguiago
feijão- pageroca
arroz- machiama
milho- magêro
mandioca- mamá
carne- marevacá
porco- mapô
galinha- carejaié
gato- marotiá
sede- côganho
frio- caracoaô
cansaço- maracaiô
remo- macã
cão- moveie
pinto- modêgaro-giaé
tesoura- mataievaé
piranha- motoê

Frases espontâneas:
- Naquê (vamos viajar).
- Mahin gonã mahínguere gonã? (Que é da caanoa?)
- Quira mahínguere (Vamos para lá).
- Taringuê recá macã (Quero quatro remos)..
- Taringuê punga cã (Quero mais remos).
- Dequiajáio! (Até a volta!).
- Quiragá toberô quagugi cã (Vamos pelo meeio do rio).
- Quiragotê corixa (Vamos passar a corixa)).
- Na ivé (Vai chover).
- Robá agoriá ["r" brando] (Cubrra a carga).
- Mapô anhungufê (Já passou a chuva).
- Nivé hedin (Não vai mais chover).
- Notá aié (Já é noite).
- Nagoté quiragorego (Já estamos chegando)).
- Infâni (Está ruim).

Vocabulário Guaxi

dente
ya-va

olho
ya-tataya

orelha
irtan-meté

água
öak

terra
leek

homem
shakup

peixe
anei

um
tamak

dois
euexo

Vocabulário Guenoa

cachorro/cão
lochan

um
yut

Índice